"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

21 de ago de 2017

PENSEI AMAR DEMAIS

sempre
pensei
eu
amar demais

não era
amor
era
algo que não tinha nome
nem definição
nem explicação
nem razão
nem motivos
nem nada

eu
pensei que era
amor
achei
que amar
era um simples sentir
era coisa de criança
que com tudo se encanta
e se engana
e eu me enganei

fui brincar
sem saber
que amor
é mesmo aquele fogo
que arde sem se ver
eu me queimei
amei errado
pensei que era amor
todo amor que eu sentia