4 de jul de 2017

VELHAS POESIAS

agora
estou aqui
vivendo só
entre tantos
papéis em branco

em alguns
rascunhei nomes
em outros tantos
pedaços
de manchados
de histórias

agora
estou aqui
envelhecendo
mais rápido do que merecia
cheio
de histórias mal resolvidas
calado
olhando
pelas frestas da minha janela
fechada

solitário
envelhencendo
entre estes velhos
papéis amarelos
cheios de poesias
nunca escritas