5 de jul de 2017

TUAS ENTRELINHAS

pensei
em te escrever
todos os dias
uma poesia
mas tuas
entrelinhas
são tão claras
que me calo
te deixo
fecho as janelas
não rego
mais tuas flores

vou
te deixar
não há mais nada
que possa fazer
se nem minha amizade
te interessa
não há mais
nada em ti
que eu possa querer de ti

horas findam
amores findam
paixões morrem
pessoas virão lembranças
e as lembranças
desaparecem

tuas entrelinhas
acabaram
com minhas reticências
e colocaram
em tudo
ponto final