6 de jun de 2017

FODA-SE

que
me importa
teu passado
qual
teu destino

que se dane
teu desalinho
tua deselegância

tua boca
fedendo cigarro

quero
tudo
e nada além de ti

que se dane
tuas roupas sujas
no varal
tua chuva
teus temporais

todos nós
somos filhos do caos

sou a linha
a agulha
que ira alinhavar
teu coração

então
foda-se
tudo além de ti