14 de jun de 2017

DESENHEI VOCÊ

desenhei
você
em uma tela
usada

usei
tintas que eu
tinha em casa

usei
as mãos
para dedilhar
teu corpo
teu rosto
cada poro teu

desenhei
você
com giz de cera
numa rua
sem movimento


eu te via
ali
jogada
nos meus sonhos
tão reais

desenhei
você
para que a chuva
depois
apagasse
qualquer marca sua

e você
escorresse
e desaparece