17 de mai de 2017

AINDA


ainda
escrevo

ainda
tenho
blocos de papel
em branco

ando
consumido
por tudo
pela falta de tempo
pela falta de mundo

ainda
penso poemas
só falta
estomago
para cuspí-los