21 de dez de 2016

TE QUERO



sei que posso não te querer
e ainda assim te quero
está além de mim este querer
e te quero
já nem sei como...
te quero leve
e cheia de serenidade
te quero
insanna
e cheia de maldade
te quero
caminhar
e te sentir no vento de mim
te quero
olhar
e te gravar em minhas memórias
não te quero sempre
mas por um momento
porque sei
que qualquer querer
é veneno que mata devagar
te quero
como amiga
mas não nego meu desejo
de te ter mulher
te quero
aqui e nos meus sonhos
e quem sabe
num desses dias de desencontros
a gente se encontre