16 de nov de 2016

VERÔNICA MARZULLO DE BRITO

dar
poesia
ao poeta
dar
asas
para quem já
sabe voar
acalentar
quem já acalenta
feliz
o poeta
que deixa poesia
em tudo
o que faz
dar
poesia
ao amor
e mais amor
ao próprio
feliz
o poeta
que aprende amar
amando
na simplicidade
do tudo
e na complexidade
do nada