11 de nov de 2016

VAL SILVA

caminhamos
juntos
por ruas
paralelas

olhos
que se vêem
e não
se encontram
caminhamos
ainda
perdidos
por esta imensidão
por que se chama vida
talvez
destinos
opostos
talvez
apenas desencontros
ainda
assim
há poesia
ainda
assim
vivemos
em sintonia
acasos
de tanto tempo
há tempos
e
ruas paralelas