"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

18 de nov de 2016

SILVIA ROCHA

e na solidão
que me
descubro
me perpetuo
me encontro
me entendo

e na solidão
que me
conheço
desconheço
escrevo
acendo
um cigarro
e deixo
ele queimar
e o tempo
exato
de um pensar
depois
disso
cinzas e o cheiro
do tabaco queimado
e na solidão
deste meu existir
que escrevo
estrela de um céu
sem sol
o copo
está cheio
e para mim sempre vzio
na solidão
me desconheço
me desvirtuo