12 de nov de 2016

SILVIA ASTOLPHI

tu
és a beleza
incessante
incansável
em ti
o desejo
de voar
és bela
imensa
tua natureza
está tua
liberdade
gana
vontade
flor
que não murcha
grito
que não se cala
tu
és
aquela vontade
a dimensão
o trovão