12 de nov de 2016

ROGERIO VIEIRA

mágico
meu amigo
consegue
sempre
o inesperado

fascina
tua perspicácia
tua inteligência afiada
mágico
meu amigo
que assusta
quem não conhece
e depois
faz o calor derreter
sútil
e marcante
não tem vergonha
e diz
aquilo que sente
convence
sem pressa
sem querer
convencer
amigo
que se tornou
irmão
irmão
que se fez imensidão