7 de nov de 2016

NAYARA SOUSA

nunca fui sábio
sempre
me deixei
levar
pelo meu coração

entrei
em ruas
sem saída
cai
em abismos
em precípicios
me machuquei
e assim
fui aprendendo
a querer amar menos
nunca consegui
sempre
amei demais
sem pensar em mim
sem pensar em nada
o coração pedia
e lá estava eu
encurralado pelo sentir
de um coração tolo
nunca
fiquei
estagnado
nunca disse
não para o que mandava
o coração