25 de nov de 2016

MARIA ROSALIA PRADO

nada
importa
o que sinto
sinto
sempre só
nada
diz nada
por mim
ando calado
e sem voz
e ainda
sim
sinto
sinto por mim
por você
e por quem quer
que seja
nada
importa
o que sinto
o que escrevo
ou que já foi
o que já passou