25 de nov de 2016

MARGARYDA BRITO

sempre
quis
sentir
menos
do que sinto

ser
um menos
intenso
menos
real
menos poesia
sempre
quis
ficar só
nos meus instantes
sem gritos
nem sussurros
ficar
sempre
amar demais
e quanto mais
amor mais essa sede
de amar
eu sempre
quis