18 de nov de 2016

JUSSARA DE SOUZA

me
tornei
dependente
do amor
que sinto


não sei
mais
andar sozinho
vivo
entre
pensamentos
do querer
e a angústia
do não ter
assim
sigo
entre as alegrias
e os tormentos
entre
a realidade
e a ficção
de tudo
o que escrevo
me tornei
passageiro
no meu estado pleno de sentir