16 de nov de 2016

INGRID COSTA

achei
que ia
me perder
e não ia
mais achar
palavras
para te falar

fui
e voltei
algumas vezes
parei
te olhei
e não
queria te deixar
passar
nunca deixei
sempre fui atrás
mas hoje,
tudo me traiu
a chuva
molhou meus papéis
e meus rascunhos
teu nome estava lá
então
te reescrevi
em meio aos meus
temporais
não ia te perder