25 de nov de 2016

GRITOS

ainda
não gritei
todos
os meus gritos
entalados
na garganta

ainda
não cuspi
todas
as verdades
do que não sei

ainda
guardo
aquele mal
de todas as ruínas

ainda

por isso
poesia
sempre

por isso
vento
sempre

por isso
voo
por ai

para que não morra
sufocados
pelo gritos
entalados
na garganta