"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

25 de nov de 2016

FORA DO PRUMO

É preciso saber que rumo tomar.
Calcular os riscos, as consequências.
Deixar guardado o coração e as emoções dentro de uma caixa lacrada.
Coração tem uma enorme tendência a cometer enganos.
Eu vivi isso na pele...
Hoje pondero mais meus atos.
Já não são mais impensados...
Imprevisíveis...
Ainda assim, cometo alguns deslizes...
Não é fácil se desligar do emocional...
Focar no eu... Praticar do desapego...
Hoje eu sou assim.
Sem planos ou expectativas...
Ia... Apenas ia...
Hoje, é o que direciona...
Mas ela, apareceu assim, do nada... 
Tem algo, que ainda não sei o que é... 
talvez seja mais uma das minhas tantas invenções... 
eu sempre vejo além... 
sempre imagino um alguém que não existe... como saber?
 alguns riscos são desnecessários... 
eu já conhecia o fim, mas as pessoas não são iguais ou são? 
Eu estava agarrado a minha zona de conforto... ela valeria o risco?
 e se não fosse nada disso? 
E se fosse mais uma alucinação e o meu desejo de inventar romances? 
Houve reciprocidade ou só gestos educados... 
eu queria descobrir... 
não dá pra ficar na beira do abismo... 
ou recuo ou mergulho...