7 de nov de 2016

ELIZA OLIVEIRA

planto
poesia
por onde passo
espalho
sementes
de amor
por todos os lados
é bom
ser assim
viver
cheio
de ilusões
a vida machuca
a realidade
acaba por não doer
demais
planto
poesias
em corações
cheios de amor
ou cheios de dor
faço
da poesia
luz que não se apaga
sem palavras
intangíveis
cheias
de um eu
que eu mesmo desconheço
planto poesia
semeio amor
seja ele qual for