25 de nov de 2016

DIAS

tem
dias
tantos
dias
que qualquer roupa
me serve

não quero
fazer nada
deixo
a barba por fazer

não me olho
às vezes
estou cansado
de mim

cansado
de me olhar

tem
dias
tantos
dias
que só a rua
me satisfaz

andar
por ai
à toa
sentindo
a podridão
dos pensamentos
além dos meus

tem
dias
tantos
dias
que quero ficar
e qualquer
nada me alimenta