25 de nov de 2016

DESTINO

eu já
briguei
com Deus

xinguei
esbravejei
virei
as costas
fugi

tentei
me esconder

e ainda
assim
em mim
sempre houve sol

já pedi
perdão
me arrependi
sofri

e Deus
ali
sorrindo
deixando
sempre
seu sol sobre mim

e lua
e estrelas
e tudo
para que me guiasse
e jamais me perdesse