15 de nov de 2016

CIDINHA SANTOS

quero
a luz
que vejo
em todos

quero
sempre
as boas
sensações
o bem querer
o bem estar
se não posso
deixar nada de bom
me calo
se não posso
deixar poemas
eu saio
eu apenas
sinto
e escrevo
eu apenas
deixo
fluir em mim
o bem querer
eu quero
enxergar apenas
o bem
que existe
no mundo