9 de nov de 2016

BRUNINHA FLOR

não tenho
medo
já tive muitos
medo
da morte
da vida
medo da sorte
já tive
medo de gente
medo de bicho
medo de mim
fiquei
um tempo
guardado no escuro
de minha alma
não via nada
não ouvia ninguém
ficava alí
com medo
medo de tudo
medo do amor
mal amado
medo
das paixões
que sempre passam
ai
pra acabar com isso
tive medo
de ter medo