16 de nov de 2016

ANDREYA XANMORYA

bati
na porta
da sua vida
deixei
mensagens
cartas
e poesias
liguei
para
números
que não conhecia
chamei
seu nome
em constante
gritaria
não houveram
ecos
apenas vozes
caladas
eu chamei
eu batei
eu liguei
nada de você
apenas os sonhos
que me fizeram crer
que você era real