18 de nov de 2016

ANA PAULA THOMAZ

bocas
secas
beijos
esquecidos
andamos
desmemoriados

não temos
mais
a mesma saudade
as mãos
cheias
de um vazio
que consola

fomos
melhores
bocas
secas
amargas
pálidas
as poesias feitas
de amor
já não se escrevem mais
os poetas
se foram