16 de nov de 2016

AMARILIS PAZINI AIRES

eu
e o vento
somos
feitos
de momentos

nunca
parados
sempre
em constante
movimento
haja sol
chuva
insanidade
temporal
eu
e o vento
coexistimos
partes
de um todo
vento
quando sopra
jamais
deixa de soprar
eu
e o vento
somo assim
feitos
de instantes
que passam
e podem para sempre
se perpetuar