10 de nov de 2016

AGNES JASMINE

que
a sensação
do beijo
permaneça

que a saliva
do canto da boca
não escorra
não seque
que haja
sem um beijo
que não se esqueça
que haja
sempre
uma lembrança
guardada
um suspiro
uma saudade
um abraço
que
a sensação
do abraço
se perpetue
que as poesias escritas
em papéis de pão
não amarelem
que haja novos beijos
mais abraços
mais poesias escritas
no muro de todas as cidades