10 de nov de 2016

AGATHA DE ASSIS

os
sonhos
se encontram
à noite

as almas
libertas
se buscam
tantas esquinas
alamedas
avenidas
um mundo
de possibilidades
de poemas
e canções
cada um
em suas paralelas
se buscando
quando se encontram
e se perdem
sem um adeus
nas mesmas esquinas
alamedas
avenidas