"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

10 de nov de 2016

ADRIANE GARCIA

nunca
fui santo
contei
mentiras
escondi
verdades
corri sem pressa
não espero
empurrões
não gosto de contato
sem razão
nunca
fui
o melhor em nada
olhava
apenas
para o ontem
via cercas
caídas
estradas inacabadas
e pontes
que não podia atravessar
nunca
tive medo de nadar
sempre estendi
a mão
e abri os braços
eu sempre fui
minhas ilusões
meu contos de fadas
minha crônicas
e minhas tantas histórias de terror