10 de nov de 2016

ADRIANA FIGUEROA CRAVEIRO


não me
preocupa
quase nada


não tenho mais
aquela sede
de amar
eu quis
amar
demais
bastava um sorriso
e eu me perdia
hoje
tenho imunidade
ao amor que sinto
meu coração
não me domina mais
eu o domino
sou eu que mando
então
nada mais
me assusta
sorriso nenhum
me faz voltar
já não me encanto mais
todo amor
ainda que verdadeiro
é ilusão...