"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

22 de out de 2016

TUDO O QUE SOBROU DE MIM

eu
fiquei pelo
meu caminho
querendo
juntar
os restos
do meu coração
quebrado
na mala
sem espaço
tudo
o que sobrou
do que fui

eu
fiquei
tateando
meus escombros
meu espiríto
desvastado
pelo desamor
de amar
na mala
sem espaço
o que sobrou
do que fui

eu
parei
na beira
do abismo
no precipicio
do meu eu
e me atirei
sem a mala
e sem nada do restou
do que fui
do que pensei que eu era