22 de out de 2016

TEU CÉU

queria
teu céu
de estrelas
que não brilhavam

queria
o teu norte
e o leste
para onde apontavas

eu fui
e me deixastes ir
sozinho
para te encontrares
onde não estasas

zombastes
de mim
e do que eu sentia
e o que sentia
agora
se desfazia

como teu céu
sem estrelas
e o no meu
de estrelas jamais se apagaram
voltei
 para minha lua
de encantos

e agora
fostes eu
que te deixastes ali
no caminho
no escuro do teu céu sem estrelas