24 de out de 2016

SOLITÁRIO

gosto
do barulho
do silêncio

me escuto
melhor

meus monstros
e meus demônios

ouço
melhor
a voz de Deus

ouço
melhor
minha própria voz

gosto
de me sentir sozinho
talvez
pela certeza
que nunca ninguém é só

acendo
o cigarro
só pra ver ele queimar
no cinzeiro

ligo
o rádio
em poucos
segundos enlouqueço
ao som de uma música qualquer

amo
o barulho
do silêncio

suas vozes
meus monstros
meus demônios
Deus
e eu