24 de out de 2016

SAINDO DE VOCÊ

desculpe
mas
estou saindo
de você

estou
tirando
toda a minha
bagunça

minhas tralhas
minhas poeiras
e todas
as minhas confusões

achei
que encontraria
em você
um espaço
meu para tudo
o que carrego

minhas ânsias
meus tormentos
e meu jeito de amar

mas,
teu coração
é quarto pequeno
ainda mais cheios
de bagunças do que o meu

e bagunça
por bagunça
fico no meu canto
assim
me entendo melhor

eu estou
deixando você
pode de novo
alugar o espaço vago do teu coração cheio
de vazio