3 de ago de 2016

O QUE FICA

as flores
em sementes
que plantei
floriram
há tempos
nos jardins alheios

as poesias
que espalhei
pelo caminho
estão em papéis amarelados
em alguma lixeira
do passado

os amores
que cultivei
mortos
ressecados
descuidados
esquecidos

o que fica
então
depois de tudo