30 de jul de 2016

SENHOR

sou
um senhor
e assim
devo me comportar

certas
atitudes
são incabíveis
mesmo
que o menino
em mim
grite liberdade

preciso
deixar calada
emoções
não posso mais
deixar alma escancarada

não posso mais
brincar
com nada

sou um senhor
e a vida
agora
é chata
chata pra caralho
e o tempo nesta cadeira de balanço
não passa