31 de jul de 2016

SEM BEBER NADA

escrevo
sem
beber vinho

sem beber
água
sem beber
nada

escrevo
porque amo
essa liberdade
que s palavras
me dão

adoro
esse mel que escorre

esse balsamo

escrevo
e me deixo
embriagar
sem beber nada

apenas palavras
apenas sentidos
apenas