28 de jul de 2016

ESCORRENDO

vou
deixando
escorrer os versos

palavras
não cabem
mais em mim

devagar
vou divagando
pelos riscos errados
das palavras por tanto tempo
caladas

deixo
que o papel
se desenhe com as
palavras de mim

versos
sem rimas
mais cheios
de palavras vazias