30 de jul de 2016

DAS ROSAS E DOS ESPINHOS

ainda
gosto
das rosas
e dos espinhos

gosto
do bem me quer
das margaridas

ainda
gosto
dos olhares
e dos sabores
das bocas
de hálitos perniciosos

dos corpos
com malícia
e das roupas jogadas
no chão

ainda gosto
do pecado