25 de mar de 2016

MEUS DESEJOS


todos
os
meus
desejos são inventados
de verdade
quando
te vejo
não sinto nada
apenas
uma revoada

de borboletas
no meu estomago
todos
os meus desejos
fazem
parte
de minha loucura
uma
paranoia
que
criei
para sobreviver
nestes
dias cinzas
eu
preciso
desta fuga
para que sangue
continue correndo
e te quero
em minha cama
de lençois
sujos
te quero por um momento
por um segundo
te quero

no meu mundo
fazes
sem saber
parte
de mim
dos meus desejos
te quero
ainda
que tudo isso
seja
invenção
que
tudo isso seja
loucura