3 de nov de 2015

QUERO MAIS

quero
mais
é me enroscar
nos arames
farpados
desta
tua língua
insana

quero
mais
é perder
o juizo
e morrer
de amor
e senão for
amor
que eu morra
de prazer

quero
mais
é ficar
nas tuas noites
nas memórias
dos dias
e que os dias
demorem
a passar

quero
mais
é deixar
que me machuque
e me enrosque
e me presente
no teu passado