4 de nov de 2015

AMO-TE

amo-te
amo
também
o vento
que bagunça
teu cabelo
o lençol
que de noite
cobre
teu corpo
amo-te
amo
também
o açúcar
da tua boca
a imagem
que te alegra
o sonho
que te faz voar
amo-te
amo
também
teus passos
na calçada
tuas mãos
delicadas
que tocam
o mundo
a canção
do mar
nos teus ouvidos
amo
as gotas
de orvalho
nas rosas do teu jardim
amo-te
assim