30 de out de 2015

NO VAZIO


agora
fico
no vazio
da tua respiração
e no
extase
perdido
do nosso amor
que se foi
agora
fico
na lembrança
dos dias
que virão
fico
nos vestígios
daqueles
que já fomos
e não somos mais
agora
fico
nas migalhas
e nos reflexos
dos espelhos
quebrados
fico
agora
nas lembrancas
do passado
na xícara
do café amargo
em cima da mesa
da sala de estar
agora fico
no vazio
da tua respiração