1 de out de 2015

ALESSANDRA SIQUEIRA

nobre
sinto-te assim
nobre
culta
inteligente
fera
que arranha
aquela que não
se esquece
sinto-te assim
diamante
presa
na sua redoma
de cristal
inviolável
sinto-te assim
nobre
bela
fera
aquela que fica
aquela que deixa
no vento
vestígios
intocável
cheia de charme
beleza
nobre
fera
que arranha