3 de ago de 2015

VIVA EM MIM

tua
luz
sempre incandescente

tua
vontade
sempre latente

tua
força

teus poemas
sempre
nas pontas
de teus dedos
nas tuas canetas
na tua solidão

teu jeito
de levar
a vida
de driblar
problemas

teu jeito
teus ventos
teus versos

ainda
que nada fique
ficaras
viva
nas lembranças
na luz
nos teus poemas
e em mim
sempre viva
em mim