16 de ago de 2015

TUDO AQUILO

é
a sede
que me faz
correr
atrás
da água
que matará
minha sede

é
 a fome
que me mantêm
vivo

é
a dor
que me faz
crer
na cura

é
o meu
reflexo
no espelho
que me faz ver
quem não sou

é
tudo aquilo
que juntando
não dá em nada
em coisa alguma

é a sede
a fome
a dor
e tudo aquilo