3 de ago de 2015

TEUS VERSOS

teus
versos
escritos
no chão
de tua sala

teus
versos
declamados
no silêncio
de tua casa

teus
versos
em papéis
de pão
em guardanapos

teus
versos
calados
no tempo que se esvai
nos segundos
de tuas horas

teus
versos
no chão
por onde pisa
no chão
do teu mundo

no vento
que venta
por tuas janelas abertas