22 de ago de 2015

TE DEIXEI PARTIR

eu
te deixei
partir
sem ao menos
lutar

eu
te deixei
ir
sem um abraço
que pudesse
deixar
saudade

eu
te deixei
sumir
sem
um beijo
na boca

sem um gosto
sem um gesto
sem um olhar

te deixei
numa página virada
sem ao
que ao menos
eu tivesse lido
uma cem vezes
antes
de te deixar partir
sem me levar