12 de ago de 2015

SE TE QUERO NÃO CONFESSO

se te
quero
não confesso
não pode
haver
em mim
nenhum
desejo
eu fujo
das esperanças
eu mudou
o caminho
driblo
o destino
destruo
as pontes
saio
dos teus labirintos
se te
quero
não digo
não falo
me calo
deixo
meu coração
fechado
não surto
não deixo
que a loucura
de querer
tome conta de mim
sou forte
eu sei
não te quero
não te posso
não te vou
ficarei aqui
onde estou
e sei
que depois de tudo
passaras
por mim